Qualidade

Código de Conduta do Fornecedor


CÓDIGO DE ÉTICA DO FORNECEDOR
,

A TRANSPORTES DELLA VOLPE construiu sua reputação como uma organização que realiza negócios de modo ético, legal e socialmente responsável. A solidez da reputação tem como fundamento não apenas a nossa conduta, como também o comportamento daqueles com quem temos relações comerciais. Por essa razão a transportes Della Volpe deseja trabalhar apenas com os fornecedores que compartilhe esses valores. Esse Código de Conduta do Fornecedor esboça os princípios do nosso relacionamento profissional com nossos fornecedores. Ele estabelece certos padrões, os quais nossos fornecedores devem respeitar e aderir durante a condução de negócios com a Della Volpe.

1. A conformidade com as leis:
Os Fornecedores devem realizar seus negócios em conformidade com todas as leis, códigos, regras e regulamentos aplicáveis dos países, províncias, estados, regiões e municípios nos quais eles atuam.

2. Direitos Humanos:
O fornecedor deverá apoiar e respeitar a proteção dos direitos humanos internacionalmente reconhecidos.

3. Praticas Trabalhistas:
O terceiro objetivo é promover o desenvolvimento das organizações que atendem crianças e adolescentes e assim, fortalecer o sistema de proteção à infância e adolescência, que se encontram em situação de maior risco.

:: 3.1 - Trabalho infantil não é permitido:
O fornecedor não poderá empregar crianças abaixo da idade legalmente permitida, nem apoiar trabalho infantil de qualquer forma.

:: 3.2 - Trabalho forçado, escravo ou involuntário:
A Transportes Della Volpe não tolerará fornecedores que se utilizem de trabalhos forçados de qualquer natureza, incluindo escravidão, prisão, submissão ou servidão..

:: 3.3 - Remuneração (salários e benefícios):
O fornecedor deverá observar as leis e regras aplicáveis e padrões com relação às horas de trabalho, incluindo as horas extras. Os empregados do fornecedor deverão receber salários que estejam de acordo com o piso padrão e que sejam suficientes para suprir as necessidades básicas humanas na comunidade em questão. Deverá estar conforme com os recolhimentos de FGTS, GPS e SEFISP e apresentar evidencias quando solicitado.

:: 3.4 - Liberdade de associação:
O Fornecedor deverá defender a liberdade de associação e o direito de negociação coletiva de seus empregados.

:: 3.5 - Discriminação:
A Transportes Della Volpe não tolerará fornecedores que discriminem seus trabalhadores com base em raça, cor, religião, sexo, origem ética e social, idade, estado civil, gravidez, credo ou convicção política, incapacidade, preferência sexual ou qualquer outro parâmetro proibido por lei.

:: 3.6 - Assédio não é permitido:
A Transportes Della Volpe espera que os seus fornecedores proporcionem um ambiente de trabalho isento de qualquer forma de assédio, seja ele verbal, físico ou sexual. Ameaças ou atos de retaliação ou punição física contra trabalhadores não serão tolerados. Em todos os momentos, os trabalhadores serão tratados com respeito e dignidade.

4. Anticorrupção:
O fornecedor não poderá, durante a condução de seu negócio, envolver-se em atividades fraudulentas ou extorsão. O Fornecedor não poderá oferecer, pagar, pedir, induzir ou aceitar propina.

5. Meio ambiente::
Os Fornecedores devem atender ou superar todos os padrões ambientais obrigatórios de acordo com as leis, os códigos e os regulamentos aplicáveis.

6. Saúde e segurança:
os fornecedores devem manter o foco na saúde e segurança, mantendo o ambiente de trabalho livre de riscos reconhecidos e assegurar a conformidade com todas as leis aplicáveis sobre as condições de trabalho, incluindo segurança e saúde do trabalhador, saneamento, segurança contra incêndio, proteção a riscos e segurança elétrica, mecânica e estrutural.

7. Requisitos de qualidade:
A Transportes Della Volpe espera que os seus fornecedores forneçam produtos e serviços que cumpram de forma consistente as especificações exigidas.

 

Gestão da Qualidade
29/11/2011 – Rev:00